Astrónomos dizem ter visto ondas nos mares de Titã

Astrónomos dizem ter visto ondas nos mares de Titã

Durante anos de pesquisas cientistas planetários achavam que provavelmente pude-se haver água nos mares de Titã, a maior lua de Saturno. Agora, parece que essa teoria está se confirmando através das últimas pesquisas realizadas.

O responsável pela captação dos reflexos de ondas na superfície de Titã, foi obtido graças a sonda Cassini da NASA. A sonda captou esses reflexos incomuns de luz solar na superfície conhecida como Punga Mare que é um dos mares de hidrocarbonetos de Titã.

Segundo o cientista planetário Jason Barnes da Universidade de Idaho, em Moscovo. As ondulações não são superiores a dois centímetro de altura, mas o suficiente para perturbar o oceano. Os resultados foram apresentados por Barnes em Conferência de Ciência Planetária e Luna, onde já havia sido sugerido em outra palestra a presença de ondas em outro mar de Titã. E bem provável que segundo os cientistas, mais ondas apareçam nos próximos anos, já que ventos estão caminhando para o hemisfério norte de Titã, onde já é sabido estar localizado a maioria de seus mares.

Ralph Lorenz, cientista planetário do laboratório de física aplicada da Universidade johns Hopkins, nos EUA, afirmou: "Titã pode estar a começar a mexer-se, A oceanografia já não é apenas uma ciência da Terra".

Grandes mares de metano, etano, hidrocarbonetos e pequenos lagos foram descobertos nos últimos vôos sobre Titã. O ciclo é de chuva sobre a superfície da lua e depois de evaporação, o que cria um complexo sistema meteorológico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário